ACONTECIMENTOS

NOTÍCIAS

Dê sangue, vai ser preciso!

Atravessamos um momento difícil, de combate a uma pandemia causada pelo novo coronavírus (SARS-COV2) para a qual não existe tratamento. Sabemos que dentro de pouco tempo, com o aumento exponencial de casos de doentes infetados com COVID-19, a situação pode tornar-se crítica nas unidades de saúde de referência.

Uma vez que este ano, no Dia Nacional do Dador de Sangue – dia 27 de março, não vamos conseguir realizar a iniciativa anual “Herói Por um Dia”, devido à situação de Estado de Emergência decretada, deixamos um apelo à dádiva de sangue para todos aqueles que se encontrem saudáveis e reúnam as condições necessárias.

Sugere-se a consulta do website dador.pt, nomeadamente sobre os locais de colheita ativos que são, neste momento, mais reduzidos. No Porto, as colheitas estão a ser feitas no Posto Fixo do Centro de Sangue e Transplantação do Porto, na Rua do Bolama, 133, de segunda-feira a domingo (inclusive), entre as 08h00 e as 19h30.

Para evitar aglomerados de pessoas, a dádiva deve ser agendada, através do telefone 225 083 400.

Devido ao surto do novo coronavírus, existem algumas condições que excluem a possibilidade de dádiva: não poderá dar sangue quem tiver tosse, febre ou falta de ar; quem viajou ou tenha estado em contato direto com alguém que tenha sido identificado como potencialmente infetado; ou quem é proveniente de uma zona considerada de risco/quarentena. Além disso, outras das condições para ser dador são: ter idade compreendida entre os 18 e os 65 anos (para uma primeira dádiva, o limite de idade é aos 60 anos); ter bom estado de saúde; ter hábitos de vida saudáveis; ter peso igual ou superior a 50kg.

Seja herói por um dia – dê sangue, salve vidas!