ACONTECIMENTOS

EVENTOS

23 FEV 2018

Conferência “Reaprender a Idade: Contributos Interdisciplinares”

A Comissão de Proteção ao Idoso, Associação Regional do Norte, em colaboração com o DIAP do Porto e o Hospital de Santa Maria – Porto, realiza na sexta-feira, 23 de fevereiro, a conferência subordinada ao tema “Reaprender a Idade: Contributos Interdisciplinares”. Com a participação de médicos, académicos e juristas, o evento pretende debater a relação das instituições com a pessoa idosa, numa visão global e integrada.

Com enfoque nas questões jurídicas, médicas e sociais específicas da terceira idade, a iniciativa visa desenvolver as formas de cooperação interinstitucional na adoção de medidas que garantam o efetivo exercício dos direitos pelos idosos. O objetivo é identificar e remover os obstáculos de carácter burocrático, de forma a agilizar procedimentos que permitam o gozo efetivo desses direitos.

Com o aumento de esperança de vida e o consequente aumento da população idosa nas sociedades modernas, é hoje inquestionável que todas as organizações representativas da sociedade devem estar envolvidas no processo de conceção e implementação de políticas para um envelhecimento sustentado e participar ativamente no processo de monitorização do seu cumprimento.

“Como instituição que atua na área da Saúde, o Santa Maria – Porto é sensível às questões relacionadas com a pessoa idosa e os seus cuidados. Acreditamos que uma intervenção interdisciplinar é mais eficaz na resolução dos problemas com que as instituições lidam diariamente e na criação de soluções para esses problemas”, afirma Lurdes Serra Campos, diretora geral do Hospital de Santa Maria – Porto.

A Comissão de Proteção ao Idoso, enquanto instituição da sociedade civil que visa proteger e promover os direitos dos idosos, em cooperação com as diversas instituições, tutela o direito da pessoa idosa a viver de forma digna e inclusiva, à luz do respeito pela sua integridade, autonomia e capacidade de exercício. Recentemente, esta comissão lançou o projeto do Provedor do Idoso, que já está a ser implementado em várias cidades do país.