ACONTECIMENTOS

NOTÍCIAS

Recomeço da atividade com o foco na segurança

A partir de segunda-feira, 4 de maio, o Hospital de Santa Maria – Porto retoma a sua atividade de uma forma faseada e progressiva, acompanhando o fim do Estado de Emergência em que o país se encontra. O regresso à normalidade é importante, mas com a consciência que são necessárias medidas de precaução adicionais, de forma a proteger quer os utentes, quer os profissionais.

Assim, a partir da próxima semana, as consultas de especialidade voltam a ser realizadas presencialmente, embora intercaladas pelo serviço de teleconsulta, com o objetivo de cumprir as regras de distanciamento social impostas pelas novas normas de segurança, que obrigam a reduzir a permanência física dos doentes nas salas de espera. Regressam as marcações de consulta, exames e cirurgias.

O Hospital irá também aumentar a realização presencial de consultas da área de sinistros, designadamente com consultas presenciais, sempre com salas de esperas condicionadas a ⅓ da sua capacidade, com vista à manutenção do distanciamento seguro entre os utentes.

O Serviço Médico de Atendimento Permanente irá permanecer encerrado ao exterior durante o mês de maio, mas continuará a dar apoio a consultas urgentes de sinistros/acidentes.

Também no Serviço de Medicina Física e Reabilitação se irá verificar uma normalização de tratamentos presenciais, que neste momento serão essencialmente destinados à reabilitação dos pós-operatórios e consultas de sinistralidade.

As cirurgias continuam a realizar-se com um agendamento atempado e planeado, na medida em que as intervenções obrigam agora ao internamento com 24 horas de antecedência para a realização do teste de pesquisa do vírus SARS-Cov-2 ao utente e consequente obtenção de resultado, prévio à cirurgia.

O sistema de triagem na entrada no Hospital manter-se-á ativo, com preenchimento de questionário clínico, medição de temperatura a todos os profissionais e utentes, e com o fornecimento de uma máscara cirúrgica, cuja utilização é obrigatória durante a permanência nas instalações. As visitas de internamento e a presença de acompanhantes permanecem restritas.

A pandemia COVID-19 alterou de forma significativa o funcionamento de todas as unidades de Saúde e o Hospital de Santa Maria – Porto não é exceção. “Compreendemos o incómodo que estas medidas possam causar, mas todas as mudanças que implementámos são baseadas nas recomendações da Direção Geral de Saúde, Ordem dos Médicos e Colégios de Especialidade e têm em vista a segurança dos nossos utentes. Com a colaboração e o esforço de todos os colaboradores do hospital e dos utentes, vamos conseguir controlar a propagação do vírus, para que a vida possa regressar à normalidade com a maior brevidade possível”, afirma Rui Pinto, médico Ortopedista e diretor clínico do Hospital de Santa Maria – Porto.