ACONTECIMENTOS

DICAS

Cuidado com as queimaduras solares

A pele pode sofrer uma queimadura se apanhar muito sol sem a proteção adequada, seja com protetor solar ou com vestuário. Para ajudar a curar e acalmar a pele que sofreu uma queimadura por excesso de exposição ao sol, é importante começar o tratamento assim que notar a vermelhidão na pele. A primeira coisa a fazer é sair imediatamente do sol e, de preferência, resguardar-se dentro de casa.

Tome banhos ou duches frios frequentes para ajudar a aliviar a dor e a sensação de queimadura. Ao sair da banheira ou do chuveiro, seque-se suavemente, mas deixe um pouco de água na pele. Em seguida, aplique um creme ou óleo hidratante para ajudar a fixar a água na pele, o que pode ajudar a aliviar. Use um hidratante que contenha aloe vera a 100%, por exemplo, para ajudar a acalmar a pele queimada pelo sol, e beba muita água, para prevenir a desidratação.

Nos dias seguintes, deve tomar precauções redobradas para proteger a pele queimada pelo sol enquanto ela cura. Use roupas que cubram bem a pele, especialmente as áreas afetadas, quando estiver ao ar livre.

Embora possa parecer uma condição temporária, as queimaduras solares – resultado da exposição excessiva da pele aos raios ultravioleta (UV) do sol – podem causar danos duradouros à pele e aumentar o risco de cancro de pele, sendo, por isso, fundamental proteger a pele do sol.

E como pode proteger-se?

Os raios solares, e a luz do sol, também trazem benefícios para a saúde, apenas o excesso de exposição ao sol pode ser prejudicial. Para proteger a sua pele do sol, basta que tenha algumas precauções simples:

  • não apanhe sol entre as 11h00 e as 15h00, o horário em que os raios UV são mais perigosos;
  • use sempre um protetor solar com índice de proteção igual ou superior a 30;
  • beba bastante água, para evitar a desidratação.

Se tem dúvidas sobre uma queimadura solar ou pretende saber como proteger melhor a sua pele do sol, consulte um médico dermatologista.