ACONTECIMENTOS

DICAS

Gripe e Covid-19 – é possível distinguir?

  1. Num período em que Portugal e a Europa registam um crescimento do número de doentes infetados por Covid-19, e num mês em que normalmente começam a aparecer os primeiros casos de gripe, levanta-se a questão sobre se é possível diferenciar os dois tipos de doença – a Covid-19, provocada pelo vírus SARS-Cov-2, e a gripe, devida ao vírus influenza.

Infelizmente a resposta é não – não é possível distinguir os dois vírus sem a realização de um teste de diagnóstico. Como alguns sintomas da Covid-19 são semelhantes aos da bronquite, da constipação comum, da gripe e do vírus sincicial respiratório (VSR), o que acontece é que, na dúvida, e porque estamos a atravessar uma situação de pandemia, todos os casos são considerados suspeitos de Covid-19 e será necessário fazer o teste para diagnosticar e despistar.

Por essa razão, qualquer criança ou adulto que desenvolva febre, congestão nasal, espirros, dor de garganta, tosse, náusea, diarreia ou qualquer outro sintoma de doença infeciosa, o que deve fazer é ficar em casa, ligar para o seu médico ou para a Linha SNS 24 (808 24 24 24) e seguir as recomendações que lhe são dadas na altura.

Um alerta especial aos sintomas como dificuldade respiratória, considerado desde o início como sintoma relevante para a Covid-19, e alteração do olfato e do paladar, sendo este um sintoma que pode ser comum a ambas as situações (gripe e Covid-19) mas cuja presença é atualmente considerada muito importante na abordagem da suspeita de infeção por SARS-CoV-2.

A boa notícia é que as medidas de saúde pública de prevenção funcionam para ambas as doenças – lavar regularmente as mãos com água e sabão, ter uma boa etiqueta respiratória, usar máscara de proteção e manter o distanciamento social são atitudes essenciais que ajudam a prevenir qualquer uma das infeções (gripe e Covid-19) e evitam a disseminação destes vírus na comunidade.